Buscar em

Nossa Editora

Categorias


Serviços

Redes Sociais




DE REPENTE, NO CAOS , A ROSA INESPERADA - YLZE MELLO CAMPOS
  Litteris- 144p. -14x21cm - ISBN 978-85-374-0306-8  

 Código do produto: 794
 Referência do produto: 07/2016 



 
A vista por:
24,90
Quantidade a ser adquirida do produto 
Máximo de 10 produto(s) por compra.


 

YLZE é a poeta do tempo. Nos seus versos, o amor, os sonhos e a vida anseiam pela eternidade.
Libertária, a poeta se desvencilha das palavras amarradas à estrutura travada
da lógica consensual, em busca da identidade viva da linguagem poética.
Acredita que, sem as desordens do afeto e as irrupções da intuição e do
imaginário, sem as loucuras do impossível, não haverá criação, poesia.
Contemporânea do futuro, YLZE profetizou que uma rosa vencerá o caos,
e, no seu “Poema Súbito”, escreveu:

“De tudo, o importante
é a rosa que ficou.
E na rosa a essência
de uma vida.”

Não se deve acreditar que o tempo decorrido regressa ao nada. Que o
tempo corre do passado para o presente e o futuro é a crença comum,
mas não é menos lógica a crença contrária que Miguel de Unamuno gravou
em versos espanhóis:
“Noturno, o rio das horas corre do seu manancial, que é o amanhã eterno.”
Para os discípulos atuais de Einstein, apenas existiria o eterno presente. Se
o futuro já existe, a preconização (ou profecia) é um fato. Toda a aventura
do conhecimento antecipado é orientada no sentido de uma descrição
das leis da física, mas igualmente da biologia e da psicologia, no contínuo
espaço-tempo em quatro dimensões; quer dizer, no eterno presente. Passado,
presente e futuro são; talvez seja apenas nossa consciência que se desloca no
tempo. No eterno presente, a matéria surge como um fio estendido entre
o passado e o futuro. Ao longo deste fio, desliza a consciência humana.
é neste fio do tempo que YLZE navega seu “Barco de Luz”: “(...) nas formas
de pensamento, no voo ardente da mente, na luz silente da alma, deixo-me ir simplesmente,
banhada na luz desse barco. Deixo-me ser simplesmente, aquela que viaja o mundo, na luz
de um barco de luz.”
Nas últimas páginas deste livro, YLZE continua sua viagem mágica,
navegando nos labirintos do tempo e nos espelhos do sonho.
SU L AMITA M A R E I N E S , artista plástica.

Nenhuma Pergunta ao Vendedor